breve tempus

momentos na cultura antiga

segunda-feira, maio 14, 2007

de Xenófanes a Simone Weil - O Outro e Eu

"Human beings are so made that the ones who do the crushing feel nothing; it is the person crushed who feels what is happening. Unless one has placed oneself on the side of the oppressed, to feel with them, one cannot understand."

Simone Weil

"Diz-se que uma vez, passando por um cão a quem batiam,
o lamentou, proferindo tais palavras:
«Pára, não batas mais, porque é a alma de um amigo
que reconheci, ao ouvir a sua voz.»"

(Xenófanes frg. 7 Diels)
Trad. por M. Helena da Rocha Pereira, Hélade.

A metempsicose, ou seja, a teoria da transmigração das almas, é uma crença com raízes ancestrais. A sua origem remonta aos países onde o Sol nasce com cor de caril e o mar espelha um céu azul índigo. Para além de todas as intersecções religiosas que se possam fazer entre os gregos antigos e o hinduísmo, há um outro aspecto que me surpreende ainda mais. A metempsicose parece-me acima de tudo um meio muito hábil de mostrar ao homem que o respeito pelos outros seres vivos é essencial para mantermos uma relação saudável com o mundo que nos rodeia. Ao mesmo tempo, esse respeito pelos outros seres vivos obriga a um maior respeito pelos outros seres humanos. O respeito a que me refiro não é um respeito preso a restrições, regras ou regulamentos, o respeito a que me refiro é muito mais vasto, pois exige acima de tudo a capacidade de nos colocar-mos do outro lado, de sermos, pelo mais breve momento que seja, o outro.
Esta ideia que esteve na boca de Pitágoras e de Buda surpreende-me cada vez mais. A capacidade de nos vermos no outro é uma capacidade restrita ao ser humano, e que nos eleva a um plano sem dúvida luminoso. Compreender o outro, a sua dor, sofrimento, alegria, tristeza, felicidade é o que nos torna humanos.

Etiquetas: , ,

3 Comments:

At 8:26 da tarde, maio 14, 2007, Blogger Diogo disse...

Percebi: Human beings are so mad!

 
At 10:16 da manhã, maio 15, 2007, Blogger Manuel disse...

É isso mesmo Diogo!

Abraço.

 
At 8:35 da tarde, maio 20, 2007, Blogger Xantipa disse...

Ai, se não tivéssemos esquecido esses ensinamentos!
:)
Beijinhos!

 

Enviar um comentário

<< Home