breve tempus

momentos na cultura antiga

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Encerramento da Festa da música


O ano passado tive o prazer de ir à festa da música. O que me surpreendeu mais foi a adesão de um público global, desde o estudante que dá uma facadazita no orçamento mensal aos típicos intelectuais que não falham eventos de música clássica até às famílias numerosas com três ou quatro miúdos, cada um a puxar para um concerto diferente. Enfim, portugueses mais magros ou mais gordos, mais jovens e menos jovens, mais endinheirados e menos endinheirados, mais cultos e menos cultos, lá estavam todos sentados lado a lado, ouvindo a mesma música.
A festa da música, como é sabido, servia o interesse público de atrair esse grande e diversificado público a uma cultura, neste caso musical, normalmente apenas recebida por uma minoria iluminada.
Com o encerrar da Festa da Música essa luminosidade cultural que começava a aquecer e dar vida a tantos portugueses vai-se apagar e voltar a ser sentida apenas por essa minoria que já tão bem a conhece…

Decorre na rede uma petição que já assinei e vos convido a assinar. Daí retirei o seguinte excerto:

“A declaração dos nossos interesses é a nossa muito antiga paixão pela música, pela grande música, e de termos sido há 6 anos atingidos pelo Cupido da Festa da Música.

2 Comments:

At 10:44 da manhã, dezembro 02, 2006, Blogger Ricardo disse...

Eu sou uma pessoa bem-intensionada. Ou então inocente. Mas a ministra disse que ia haver um evento que substituía a festa, gastando menos.
Vou assinar a petição, pelo sim, pelo não. Mas, repito, sou bem-intensionado... e optimista!

 
At 4:41 da tarde, dezembro 02, 2006, Blogger Manuel disse...

Fico à espera desse novo evento, mais barato, mas, sinceramente, não acredito que venha sequer a existir. Espero que esteja errado!

 

Enviar um comentário

<< Home